Inácio Arruda faz homenagem ao Centenário de Juazeiro do Norte

O senador Inácio Arruda (PCdoB) saudou o Centenário do município de Juazeiro do Norte a ser comemorado no próximo dia 22 de julho por meio de discurso feito na tribuna do Senado da República. Ele sublinhou a importância da cidade, que é a terceira maior do estado do Ceará e foi fundada por obra do Padre Cícero Romão Batista um dos menores do movimentou que buscou a emancipação em relação ao Crato.

Depois de ser ordenado em Fortaleza, o religioso retornou a sua cidade natal, Crato, mas, em retaliação a insubordinações para com a Igreja Católica, foi designado no sentido de cuidar de uma capelinha esquecida, numa pequena vila, afastada do centro cultural e espiritual de Crato. O padre reformou a capela, trabalhou na região e transformou a vila na atual cidade de Juazeiro, conforme citou o senador cearense. Incentivados pelo religioso, os moradores da região chegaram a declarar a independência da cidade, àquela altura auto- suficiente economicamente. Padre Cícero promoveu um perdão coletivo. Contra Roma, perdoou a todos aconselhando “Quem pecou, quem roubou, quem traiu, quem matou, quem cometeu algum crime está perdoado. Desde que viva em paz em Juazeiro”. Além disso, coloque uma pequena unidade de produção no fundo do quintal de sua casa.

De acordo com o senador Inácio Arruda, uma pequena fábrica de alpercata, de confecção, de foliados a ouro e daí em diante. O político pontuou que foi assim o nascimento de Juazeiro. Ele avisou ainda que o centenário da cidade será comemorado no Senado em uma sessão especial marcada para o próximo dia 16 de agosto.

Anúncios

Mamografia

A expectativa é que 60 mil mulheres realizem o exame, em Fortaleza, neste ano. Em 2010, esse número foi de 50 mil

Uma das maneiras mais eficazes e seguras para diagnosticar a incidência de um possível câncer de mama é através da realização da mamografia. No Ceará, existem hoje 32 mamógrafos. Destes 13 estão em Fortaleza para o atendimento público, mas muitos não realizam a cota diária possível.

Conforme Luís Porto, coordenador do Comitê Estadual de Prevenção e Controle do Câncer, instalado pela Secretaria da Saúde do Estado, na Capital, em 2010 foram feitos 50 mil exames, enquanto que o ideal seria a realização de 300 mil. Para 2011, segundo o médico, a expectativa é que 60 mil mulheres façam o procedimento.

“Mais da metade dos mamógrafos de Fortaleza está ociosa. Tal situação se deve pela falta de procura das mulheres e por conta dos médicos não solicitarem o teste”, afirma.

Preconceito

O coordenador do Programa Sismama, mantido na Prefeitura de Fortaleza em convênio com o Ministério da Saúde, Paulo Vasquez, afirma que o medo e preconceito quanto ao diagnóstico e a ideia de que se trata de uma avaliação dolorosa são as principais justificativas das mulheres para não realizarem o teste.

Essa avaliação acontece no momento em que o Ministério da Saúde realiza um mapeamento da situação dos mamógrafos distribuídos em 823 municípios brasileiros utilizados na rede pública de saúde.

Em Fortaleza, a auditoria começou na quinta-feira passada, no Instituto de Prevenção do Câncer, bairro Dionísio Torres, e no Hospital Gonzaguinha, de Messejana.

As auditorias tiveram início pelas 27 capitais e está sendo feito por auditores da própria pasta e de secretarias de saúde estaduais e municipais. Em Fortaleza, há 13 aparelhos disponíveis pelo Sistema Único de Saúde, atendendo na Capital e da Região Metropolitana.

Segundo Paulo Vasquez, a baixa demanda tem instigado a Prefeitura de Fortaleza a promover programas especiais de incentivo às mulheres no sentido que realizem os exames a cada dois anos, especialmente para aquelas compreendidas na faixa etária de 50 a 59 anos.

“Essa auditoria do Ministério é muito bem vinda, não apenas porque se faz uma vistoria do funcionamento dos equipamentos, como das equipes e, assim, facilita um diagnóstico se os casos de indicação de câncer estão sendo acompanhados devidamente”, afirmou.

A vice diretora do Instituto de Prevenção do Câncer (IPC), Ana Catarina Machado Arcanjo, reconhece que o atendimento vem ocorrendo abaixo da capacidade. “Temos uma cota de 40 exames diários e muitas vezes não atingimos essa meta”, afirmou. Ela disse que outras unidades de saúde, que dispõem do equipamento, também registram que não completam a oferta disponível. O Instituto fica localizado na Rua Walter Bezerra de Sá, 58.

Prevenção

“Não sabia da necessidade de fazer esse exame, até que o médico solicitou. Tive medo em saber do resultado”
Maria Nobre Mendonça, 47 ANOS, Costureira

“Sou de Horizonte e vim fazer esse exame, porque não existe o aparelho na cidade. Estou muito apreensiva com o resultado”  Evaneide Nogueira da Silva, 46 ANOS, Dona de casa

MARCUS PEIXOTO
REPÓRTER

CUIDADOS
Mulheres devem fazer exame periódico

No Gonzaguinha de Messejana, localizado na Avenida Washington Soares, que passou dois anos com seu mamógrafo quebrado, hoje possui um moderno equipamento, mas a demanda não tem buscado o serviço. Antes, as usuárias daquela unidade hospitalar precisavam se deslocar até o Gonzaguinha do Conjunto José Walter para a realização dos exames.

Para Paulo Vasquez, uma saída será a pretensão da Prefeitura de Fortaleza em enviar cartas para mulheres que completam 50 anos, informando que elas dispõem dos serviços e informação sobre o processo de marcação do procedimento. O programa ainda não foi implementado, afirmou, por conta da mudança de gestão na Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde indicam que cerca de 2.190 mamógrafos são mantidos pelo SUS ou por redes conveniadas. Até o dia 17 de junho, todas as unidades de saúde que possuem mamógrafos devem ter passado pela vistoria.

Os dados serão compilados em um relatório que, segundo a Pasta, será entregue ao ministro da Saúde, Alexandre Padilha, até o fim de julho. O documento vai servir de base para o desenvolvimento do Plano Nacional de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer de Colo de Útero e de Mama, lançado pela presidenta Dilma Rousseff em março.

O diretor geral do Gonzaguinha de Messejana, Eusébio Teixeira Rocha alerta que toda mulher com mais de 40 anos deve ter acesso ao exame periódico de mamografia.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), neste ano mais de 49 mil mulheres, em todo o Brasil, serão vitimadas pelo câncer de mama.

 Ps:  Gente é tão importante fazer esse exame, quando diagnósticado na fase inicial tem tratamento! Digo isso, pois tive de perto alguém com essa experiência, minha mãe!!! Ela fez todo o tratamento, hj leva uma vida normal!!! Eu ja fiz mamografia uma vez, ano passado. Confesso que fiquei com medo, super anciosa, mas não é como dizem, falam do exame como se fosse a pior coisa, é desconfortável sim, mas não tão doloroso, nem doeu, foi só o nervoso mesmo!!! Vou fazer novamente, ja está na época, preciso fazer todo ano, apesar de não ter idade suficiente, mas tenho histórico na família, portanto tem que ser feito anual. Precisamos alertar pq a doença é silenciosa e hj segundo Dr Ricardo Quidute, meu médico, tem pacientes muito novas com Câncer de Mama e isso é assustador! Isso ocorre muito também por conta da vida sedentária e a alimentação é um fator muito importante também, pois todas temos as células cancerígenas em nosso organismo. Resumindo, vamos alertar e lembrar nossas amigas, caso não esteja na sua idade, lembrar suas mães, tias e etc… Beijão e bom final de semana a todos!!

Vereadores unidos, jamais serão vencidos!

A Câmara Municipal de Juazeiro do Norte cassou na manhã desta segunda-feira (10), por 12 votos a 1,  o mandato do prefeito do município, Manoel Santana (PT). Logo após anunciar o impeachment de Santana, os vereadores iniciaram uma discussão para aprovar o afastamento do vice-prefeito Roberto Celestino(PSB). Celestino é acusado de se beneficiar de irregularidades que levaram a cassação de Santana. Com o impeachment de Santana e o afastamento de Celestino, por enquanto, assume os destinos do povo juazeirense, o presidente da Câmara, vereador José de Amélia Junior. Durante a sessão houve tumulto e a Polícia Militar foi acionada para conter os ânimos no plenário da Câmara. O clima na cidade de Juazeiro na manhã desse dia 10 de janeiro é de muita tensão. O ambiente é praticamente de guerra. Partidários do prefeito Santana e de seu vice Roberto Celestino estão sendo convocados às ruas para protestar e reagir contra o que eles consideram uma ” jogada suja” do presidente da Câmara, Zé de Amélia Junior. Agora, Juazeiro do Norte irá assistir a uma guerra jurídica. O prefeito cassado Manoel Santana e o vice afastado Roberto Celestino vão à Justiça recorrer para reassumirem seus cargos. Ao final disso tudo, perde o município e sofre a população, diante de toda essa sujeirada. A César o que é de César!